quarta-feira, 3 de novembro de 2021

VASCO LEAL COM 13 ANOS APRESENTA O 1º LIVRO "PANDEMIA DE VERSOS"

 

Com apenas com 13 anos o jovem poeta, alcochetano, VASCO LEAL, vem apresentar-nos o seu primeiro livro intitulado de “PANDEMIA DE VERSOS”, quando forem 21h, no programa AO ENCONTRA DA POESIA de Pedro Nobre. Na segunda hora teremos a participação de Fátima Horta e os seus “Grãos de Areia”.


 VASCO LEAL 

Nasceu em Lisboa em Fevereiro de 2008 mas foi em Alcochete, onde ainda vive, que Vasco Leal cresceu e ganhou, desde cedo, uma particular apetência pela escrita poética. As suas criações refletem uma enorme curiosidade perante o mundo em que vivemos e uma reflexão precoce sobre a vida, o amor e outros sentimentos, o tempo e a atualidade, pouco comuns em autores tão jovens. Esta é a sua primeira obra publicada e contém poemas escritos entre os 10 e os 12 anos de idade.

 O LIVRO "PANDEMIA DE VERSOS" 


“Não há bela sem senão nas esplanadas de Milão” assim se intitula um dos textos marcantes desta obra, em que o autor reflete, aos doze anos, sobre os primórdios de uma crise pandémica que nos haveria de acompanhar bem para lá do expectável, retratando-a nas suas múltiplas dimensões de angústia, de esperança, de confinamento (nas ideias e não só), de alívio, da falta dos abraços e da promessa que eles voltem…

Também a política, na sua aceção mais nobre mas também no seu sentido mais corriqueiro, merecem especial destaque, traduzindo o apego que o autor já revela a valores democráticos e republicanos.

O tempo, o amor e outras inquietações constituem outros tantos capítulos desta obra, abordados com uma frescura que nos transporta e faz sonhar, ora ao de leve, ora com angustiada agrura.

No fim, há esperança, porque afinal, em toda a gente, há uma flor invisível.

POETA VASCO LEAL NO ESTÚDIO  RQC 


 ENTREVISTA AO POETA VASCO LEAL 

Comentário(s)
0 Comentário(s)

Enviar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only