ads

Slider[Style1]




clica e ouve as entrevistas e emissões já realizadas na tua rádio 

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

VAMOS AJUDAR AS FAMÍLIAS AFECTADAS PELOS INCÊNDIOS!

Domingo, dia 15 de Outubro de 2017, foi o pior dia do ano ao nível das ocorrências dos incêndios em Portugal e foi também o dia que deu origem a uma das maiores catástrofes que alguma vez se registou em Portugal neste âmbito.

Perante tal tragédia, e à semelhança do que aconteceu em Junho com a tragédia de Pedrógão Grande, um conjunto de cidadãos dos mais diversos concelhos do Distrito de Setúbal uniram-se para angariar bens para entregar em mãos às famílias directamente afectadas.

A iniciativa que começou no concelho de Sesimbra e entretanto já se espalhou ao Seixal e Setúbal decorre até ao próximo dia 30 de Outubro. Dia 28 está prevista a primeira entrega de produtos na Pampilhosa da Serra. Para já, os responsáveis pela iniciativa solidária estão a solicitar os seguintes tipos de bens:
  • Alimentos não perecíveis que não necessitem de refrigeração e com data de validade prolongada (leite, enlatados, bolachas, comida para bebé, sumos, barras de cereais, fruta, entre outros)
  • Água
  • Ração para cães e gatos 
  • Roupas de cama
  • Toalhas de banho
  • Roupas para adultos, adolescentes e crianças
  • Artigos de higiene (fraldas para bebés e idosos, escovas de dentes, champô, gel de banho, etc.)
Várias foram as associações, instituições e locais que se disponibilizaram para ser ponto de recolha dos bens. Por isso, poderá entregar os seus bens num dos seguintes pontos ilustrados na imagem:
Na Quinta do Conde em particular, a entrega no Pavilhão Municipal poderá ocorrer de Segunda a Quinta entre as 8h e as 23h; às Sextas entre as 8h e as 22h e aos Sábados entre as 8h e as 14h.

Vamos ajudar quem mais precisa!

1ª TERTÚLIA POÉTICA NA RQC!


No próximo programa AO ENCONTRO DA POESIA, vamos ter a 1ª TERTÚLIA POÉTICA com a participação de 3 poetas, PAULO OLIVEIRA, FLORBELA LOURENÇO e GABRIELA RANGEL... Ao longo das 2 horas de emissão, iremos falar em vários temas, declamação de poemas e música à mistura. Quando forem 22h00, vamos ter a rubrica "UM MOMENTO DE POESIA POPULAR" com FÁTIMA HORTA.

BIOGRAFIAS

 PAULO OLIVEIRA 

Paulo Jorge Pinto Santos Oliveira, nasceu a 9 de Fevereiro de 1982, em Lisboa. Natural da Freguesia de São Jorge de Arroios, desde novo que o gosto pela escrita começou a fluir.
Ex- Aluno do Frei Luis de Sousa e da Emidio Navarro onde estudou no curso de Humanidades.
Mais recentemente, e incentivado por amigos, familiares e até artistas da música nacional, decidiu avançar com a publicação de uma obra literária, na categoria de escrita criativa, a poesia.
Horizontes Poéticos é a primeira obra deste autor Almadense que descreve o que é e o que pretende ser no futuro. Fala de amores, desamores, mas principalmente da vida.
Em termos profissionais, Paulo trabalha na Loja das Motos, empresa do nosso concelho sediada na Charneca de Caparica, há cerca de 17 anos.
A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde 

 GABRIELA RANGEL 

Maria Gabriela de Fátima de Lima Moura Rangel, nasceu em Angola, em 8 de Janeiro de 1952, mãe de dois filhos e avó de cinco netos. Funcionária Pública, aposentada. Decidiu pôr em prática o seu grande sonho e passou a dedicar-se às belas-artes e à escrita e porque as suas paixões navegam entre a Família, a Terra, o Mar e a Arte (Poesia, Pintura, Dança ….), troca a cidade pelo campo, onde encontra a paz para escrever e pintar tudo o que lhe vai na alma, ambicionando aproximar a vida que sonha, da vida que vive. Autora do Livro “Ventos da Vida” e Co-autora das Colectâneas Palavras de Cristal II, A Essência dos Sentidos III, Entre o Fado e o Samba, Universo das Palavras, Confissões, Premonições, As Cores do Mar, Poema-me, Som de Poetas, Palavras de Veludo, Palavras que Contam, Enigma, Perdidamente, Palavras de Cristal IV, Mar das Palavras, Sexto Sentido, Reino das Palavras, Solar de Poetas, Livro Aberto, Amantes da Poesia, obteve um honroso 3º lugar no Prémio literário “Bocage” Prémio Categoria Poema – com o poema “O Nosso Segredo”. Autora da letra da Marcha Coração do Ribatejo 2017, de Salvaterra de Magos.

 FLORBELA LOURENÇO 

Nasceu em Sátão, distrito de Viseu, no ano de 1968, onde frequentou os primeiros anos do Ensino Básico.

Frequentou o Ensino Secundário, em Mafra e licenciou-se no curso de Português /Francês, pela Escola Superior de Educação de Coimbra, em 1992.

Desde aí tem lecionado em várias escolas da região Centro, integrando, atualmente, o quadro docente, no Agrupamento de Escolas de Salvaterra de Magos, no distrito de Santarém.

Na sua prática letiva tem partilhado e fomentado, nos alunos, o seu gosto pela escrita criativa e produção poética em prosa e em verso, através de concursos dentro e fora da escola.
No último ano, tem-se dedicado à produção e partilha de poemas na sua página do Facebook, intitulada “Para Ti”!

Foram-lhe atribuídos dois diplomas, um de Louvor, outro de Mérito Literário, pela Coordenação da Página Letras Lagoa de Óbidos.

Participou na antologia “Para ti, com Amor”, organizada e Coordenada por Miká Penha de Letras Lagoa de Óbidos.

Participou na antologia “Amantes de Poesia”, Vol.II. organizada e Coordenada pela editora Modocromia.

Foi a autora da letra “Não à Violência”, cujo arranjo musical ficou a cargo do professor David de Sousa, Escola de Música “O Batuque” sediada em Marinhais e cantada pelos seus alunos. Esta música faz parte de um projeto que integra as escolas do pré e do 1º ciclo do Ensino Básico do Concelho de Salvaterra de Magos.

Participou no programa de rádio “Noites de Poesia “ da autoria de Alfredo Batista e ainda na tertúlia de Poetas organizada por Maria Esther (Diretora da Editora Modocromia).
Tem participado, ainda, em eventos culturais organizados pela Junta de Freguesia de Marinhais, no âmbito da poesia.

Autora da letra para o projeto musical “Não à Violência integrado nas atividades culturais da Câmara Municipal de Salvaterra de Magos.

VAMOS AJUDAR A CATARINA!

Há três anos, depois de uma queda fatal durante os treinos da modalidade de trampolins, Catarina ficou tetraplégica. Pais, família, amigos e a própria adolescente, na altura com 12 anos, não se resignaram ao prognóstico dos médicos e tudo têm feito para melhorar a qualidade de vida da "nossa" Catarina. 

É por isso mesmo, e para que a jovem possa continuar a realizar os tratamentos necessários em Florença, Itália, que acontece no próximo dia 21 de Outubro de 2017 um grande evento solidário.

A partir das 12h e ao longo de toda a tarde, o Parque das Lagoas, em Fernão Ferro, recebe todo o tipo de iniciativas para este evento que pretende ajudar uma grande causa.

Dança, música, ginástica e trampolins são apenas algumas das apresentações que estão preparadas para esta tarde. Também os jovens fadistas Maria Passarinhos e Tiago Conceição vão marcar presença para dar o que têm de melhor.

O custo simbólico é de apenas 2€ e poderás obter mais informações através do 21 089 30 00 ou através da página de Facebook "Vamos Ajudar a Catarina Santos".

Não faltes!

HISTÓRIA DO CERCO DE LISBOA EM CENA!

Até ao próximo dia 3 de Novembro de 2017 está em exibição "HISTÓRIA DO CERCO DE LISBOA" no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada.

A peça que tem por base um texto de José Saramago, a dramaturgia de José Gabriel Antuñano e encenação de Ignacio García, teve antestreia durante o último Festival de Almada e foi considerado pelo crítico da Artez Blai como "um grande espectáculo, emotivo, poético e educativo."

A capacidade de dizer "não" é um dos temas abordados por Camus no seu Homem revoltado. E colocar um "não" onde estava escrito um "sim" é o que faz Raimundo Silva, o revisor que protagoniza a História do Cerco de Lisboa. Só que a afirmação (pela negação) desta personagem saramaguiana servirá de ponto de partida para a criação: no caso, a escrita de uma História do Cerco de Lisboa na qual os cruzados "não" auxiliem D. Afonso Henriques na conquista da cidade. E deste "não" surgirá também uma história de amor, entre o revisor e a directora literária Maria Sara – plasmada, de certo modo, nas personagens do soldado Mogueime e da barregã Ouroana. A adaptação de José Gabriel Antuñano vai ao encontro (e vai além) do tema central do romance de Saramago: a fronteira entre a realidade e a ficção, bem como a redenção pelo amor.

Uma peça a não perder com a participação de Ana Bustorff, Elsa Valentim, João Farraia, Jorge Silva, José Peixoto, Luís Vicente, Pedro Walter, Rui Madeira e Tânia Silva. Nos sábados 14, 21 e 28 de Outubro haverá Conversas com o público sobre a obra de José Saramago que contam com a presença de vários convidados, entre eles Pilar del Río, Miguel Real, João Tordo e Manuel Frias Martins. O espectáculo conta com o apoio da Fundação José Saramago.

Este é um espectáculo que pode ser visto de Quarta a Sábado às 21h e aos Domingos às 16h. Um espectáculo destinado a maiores de 12 anos com um custo entre os 6,50€ e os 13€. Os membros do Clube de Amigos têm entrada gratuita! Reserve já o seu lugar para uma das sessões através do 212 739 360 ou através da bilheteira online, clicando aqui.

YOLANDA SOARES AO VIVO EM LISBOA!

Na próxima Quarta-feira, dia 18 de Outubro 2017, Yolanda Soares vai apresentar pela primeira vez ao público o seu novo CD no TEATRO TIVOLI BBVA, a partir das 21h30.

"ROYAL FADO" é o nome escolhido por Yolanda para o novo trabalho, inspirado em Amália, e que apresenta novos convidados para a sua grande estreia no coração da cidade de Lisboa.

Claire Jones, a brilhante harpista da realeza britânica vem a Portugal acompanhar Yolanda Soares nesta estreia, assim como o compositor e percussionista deste projecto, Chris Marshall. A eles irão juntar-se ainda outros convidados especiais. Artistas de diversos estilos que aceitaram o desafio de Yolanda Soares para completarem este conceito de, quase que, fantasiar o Fado. De o tornar um espectáculo fora de si mesmo. Um espectáculo que se assemelha a uma espécie de ópera romântica. Ou a um teatro musical.

Royal Fado foi pensado para trazer ao público a nobreza , romantismo e inovação que Amália já nos deixou como legado. Yolanda quer dar-lhe continuidade numa visão muito sua onde a música clássica, o canto lírico e a dança fazem parte.

As surpresas serão muitas e se o povo é Rei tendo o Fado e Amália no trono, então Yolanda Soares quer que esta estreia seja nobre e homenageie a sua grande inspiração e Rainha do Fado, Amália Rodrigues.

Não falte!