segunda-feira, 5 de agosto de 2019

ESTÁ AÍ O NOVO ÁLBUM DOS EXPENSIVE SOUL

Os nortenhos Expensive Soul têm ganho cada vez mais popularidade e tornaram-se já numa referência da música nacional. Não param e prova disso é o álbum que lançam neste ano de 2019, uma reafirmação do seu estilo único.

Dizem que uma imagem vale mais do que mil palavras e se é verdade ou não, para este caso, pouco importa. É a partir da capa que pretendem juntar as peças deste mosaico que é o novíssimo trabalho, “A Arte das Musas”.

Começaram no “Limbo”, depois veio a certeza de que “Amar É Que É Preciso” mas é agora que algures na Grécia, os mitológicos Apolo e Euterpe, o deus e a musa da música, podem finalmente apreciar e deleitar-se com a obra completa. “A Arte das Musas” é um álbum mais curto do que o habitual, para além de uma intro que abre as portas ao disco, contém apenas 8 canções em formato puro e efeito forte e conciso.

Para quê fazer render o peixe, como tantas vezes acontece, se podemos, assim, ficar definitivamente feitos num “oito”? “Agora É Que É” é o primeiro groove, potente e bem funk para que a casa comece logo a abanar. Agora é que é e toda a gente bate o pé! Numa toada mais calma surgem as “Incertezas”, mas simultaneamente cresce a certeza de que este é um disco que transborda a Expensive Soul em cada nota. Diversificado, abrangente, que vai da Soul, ao Funk, não esquece o Hip Hop (é ouvir “1 Dia de Cada Vez”, por exemplo) consegue manter o reconhecido ADN da banda e comemorar os seus vinte anos com a alegria e a felicidade que a celebração merece e a banda transparece. O caloroso “Estou Quente” é o hino, a bandeira que se eleva na multidão com o brasão EXS bem gravado, um estandarte que brilha neste concentrado gourmet de tudo o que os Expensive Soul foram, são e hão-de ser. “Não És De Ninguém” é a balada do amor sem dono, sem prisão, o “One Night Stand” que, inesperadamente, nos deixa muitas noites sem dormir. Uma tentação que vira paixão. E que, quem sabe, se transforma em muitas e longas viagens “Só P’ra Te Ver”, a canção Pop que fecha o disco.

“Comunicar através da tela. É sempre esse o desafio. Para o respeitoso álbum “A Arte das Musas”, o repto e a responsabilidade são acrescidos. Da carta-branca entregue pelos muy caros e amigos Expensive Soul, apenas três indicações: transmitir a magia, a alegria e a felicidade através da cor....A dança, o amor e os animais cheios de alegria ouvem esta música, uma música tão alegre, que aquece o sol.”. Palavras do pintor João Paramés que assina a colorida capa deste quinto álbum de aventuras inéditas da dupla New Max e Demo, e que, quem sabe, valem também mais do que mil imagens.

Pode encontrar este álbum numa loja perto de si. Não o deixe escapar!

  ALINHAMENTO:  
  1. A Arte Das Musas
  2. Agora é Que é
  3. Incertezas
  4. Amar é Que é Preciso
  5. 1 Dia De Cada Vez
  6. Estou Quente
  7. Não és De Ninguém
  8. Limbo
  9. Só P’ra te Ver
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Enviar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only