quinta-feira, 27 de novembro de 2014

"Cante Alentejano" já é Património Imaterial da Humanidade

Portugal está mais uma vez de parabéns. O Cante Alentejano foi reconhecido pela UNESCO como Património Imaterial da Humanidade.
Passados três anos da consagração do Fado, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura decidiu atribuir a mesma distinção ao Cante Alentejano, numa candidatura que considerou "exemplar".
O Cante Alentejanoé um género musical tradicional do Alentejo, sendo aliás mais próprio do Baixo Alentejo que do Alto.
Antigamente o cante acompanhava ambos os sexos nos trabalhos da lavoura. Público era também o cante nos momentos masculinos de ócio e libação, seja em quietude, seja em percurso nas ditas arruadas. Público ainda era o cante mais solene das ocasiões religiosas.
Após a Segunda Guerra Mundial, a progressiva mecanização da lavoura, a generalização da rádio e da televisão, assim como o êxodo rural massivo causaram o declínio do género. Hoje o cante sobrevive em grupos oficializados que o cultivam através da sua manifestação em festas, encontros e concursos os guardiães da tradição.
Hoje, o Cante Alentejano pertence ao mundo. E com ele, também Portugal cada vez mais se torna conhecido culturalmente.
Comentário(s)
0 Comentário(s)

Publicar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only