ads

Slider[Style1]

Style2

publicidade

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

publicidade

Style4



clica e ouve as entrevistas e emissões já realizadas na tua rádio 

Style5

"Rumo" foi o nome escolhido pela fadista CONCEIÇÃO RIBEIRO para o seu sexto trabalho discográfico dedicado 100% ao Fado. 

Gravado no Japestudios, editado pela Música Unida e dirigido e produzido musicalmente por Tiago Simões, este é um álbum que promete manter a qualidade musical a que a fadista já nos habituou ao longo dos seus anos de carreira.

Para a acompanhar, Conceição Ribeiro convidou alguns dos melhores músicos da actualidade: na guitarra portuguesa Sandro Costa, na viola de Fado Ivan Cardoso e na viola baixo Nuno Lourenço.

"Rumo" é a concretização de uma vida em busca do Fado e do Amor. É a condição de ser Mulher na plenitude "Rumo" à felicidade. "De Braço Dado Com a Vida" é o single que integra os 12 fados que Conceição Ribeiro interpreta numa viagem intimista, onde a condição feminina vence o fatalismo do Fado, as adversidades da vida e do amor, pelas palavras dos poetas Edgar de Castro, Ivete Pessoa, Carlos Heitor da Fonseca, Flávio Gil, José Belo Marques, Renato Varela, Clemente Pereira, António Freitas, António Campos, Lopes Vitor, António José e João Alberto N. das Neves, e pela música dos compositores José Marques do Amaral, Armando Machado, Tiago Simões, José Belo Marques, Miguel Ramos, Carlos da Maia, Nobrega e Sousa, Joaquim Pimentel, Francisco Carvalhinho, Ferrer Trindade e do mestre Fontes Rocha.

Neste novo trabalho discográfico, Conceição Ribeiro apresenta um fado original "Canteiro de Marfim", com letra de Flávio Gil e música de Tiago Simões, e dois poemas originais nos fados tradicionais de José Marques do Amaral e no Mortalhas de Armando Machado, "Montanha da Vida" e "De Braço Dado Com a Vida", letras de Edgar de Castro e de Carlos Heitor da Fonseca, respectivamente. Dos 12 temas, Montanha da Vida, Romagem Fadista, De Braço Dado Com a Vida, Canteiro de Marfim, Fora de Horas, Eterna Mocidade, Sombra Triste de Ninguém, Noite Cerrada, Ó Meu Amor Marinheiro, Segue o Teu Rumo, Sombras da Madrugada e Espera Indefinida, a "Noite Cerrada" e o "Ó Meu Amor Marinheiro" contam com a participação especial do saxofone de Maria do Espírito Santo.

Em "Rumo", Conceição Ribeiro dá corpo à voz das mulheres de Alfama e da Mouraria numa interpretação que espelha a sua própria alma fadista e a alma de uma Lisboa bairrista e tradicional evocando Fernanda Maria, Maria Armanda, Maria da Nazaré, Maria Portugal e Maria Valejo.

Este álbum é apresentado no dia 12 de Novembro de 2018 no programa "Adega do Fado" com Augusto Jorge e Pedro Martins. Até lá, o melhor é deliciar-se com o single de apresentação:

Partilhe connosco o seu comentário! A sua opinião é importante para nós...

Partilhe com os seus amigos

«
Seguinte
Mensagem mais recente
»
Anterior
Mensagem antiga