ads

Slider[Style1]




clica e sabe mais 

Style2




clica e ouve as entrevistas e emissões já realizadas na tua rádio 

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

29º ANIVERSÁRIO
Freguesia da Quinta do Conde

No próximo dia 9 de Outubro, pelas 21h00, irá decorrer a cerimónia do 29º aniversário da freguesia da da Quinta do Conde a realizar no Centro Cultural, Social e Recreativo a Voz do Alentejo na Quinta do Conde.

Ao longo do evento iremos poder assistir a momentos musicais a cargo do grupo Dialecto e a condecoração de algumas pessoas e entidades que se têm distinguido pela acção, promoção e dedicação à comunidade local e, naturalmente, merecedoras do reconhecimento público.



UM POUCO DE HISTÓRIA...
Criação da Freguesia da Quinta do Conde

A primeira referência pública conhecida à eventual criação da freguesia da Quinta do Conde foi durante uma reunião plenária de membros da Comissão Administrativa da Câmara de Sesimbra, com a população desta localidade, que se realizou na Associação para o Desenvolvimento da Quinta do Conde, no dia 10 de Novembro de 1974. Aurélio de Sousa e Esequiel Lino, representavam a Câmara tendo o primeiro afirmado que o elevado número de construções e de residentes, justificava para a Quinta do Conde a existência de administração própria, tornando-se, “necessário e urgente a criação de uma Junta de Freguesia”. Outra referência ao assunto está registada num apontamento no jornal Voz de Palmela, de Março de 1978, onde se pode ler: “Em 17 de Janeiro de 1976, foi pedida por meio da Associação da Quinta do Conde ao sr. Ministro da Administração Interna, a criação nesta área de uma freguesia autónoma”.

Em Abril de 1979 o Partido Comunista Português apresentou na Assembleia da República o Projecto de Lei número 252 da primeira legislatura, para a criação da Freguesia da Quinta do Conde. A dissolução prematura daquele órgão de soberania não permitiu que o documento chegasse a ser votado. E o mesmo viria a suceder na legislatura seguinte: o PCP apresentou o Projecto de Lei número 154/II, de conteúdo similar ao anterior e com o mesmo destino, isto é, não chegou a ser apreciado, em consequência de nova dissolução da Assembleia da República.

Na Quinta do Conde, a criação da Freguesia continuava a não ser referenciada na generalidade das reuniões entre autarcas e moradores. Apenas a Comissão de Moradores do Conde 1, fazia esporadicamente algumas perguntas sobre o assunto. Na terceira legislatura o Projecto de Lei número 151, tal como antes da iniciativa do PCP, e de conteúdo semelhante às anteriores propostas acabaria, finalmente, por subir a plenário e ser aprovado no dia 9 de Maio de 1985. A publicação no Diário da República da Lei 83/85 de 4 de Outubro consumou o objectivo, bem claro logo no artigo 1º, que predispõe: “É criada no concelho de Sesimbra a freguesia da Quinta do Conde.” E o artigo 6º concluía: “A presente lei entra em vigor 5 dias após a sua publicação.” Consequentemente, a Freguesia da Quinta do Conde existe desde 9 de Outubro de 1985.

Partilhe connosco o seu comentário! A sua opinião é importante para nós...

Partilhe com os seus amigos

«
Seguinte
Mensagem mais recente
»
Anterior
Mensagem antiga