ads

Slider[Style1]




clica e sabe mais 

Style2




clica e disfruta 

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5


Pharrell Williams lança o novo álbum G I R L esta segunda-feira, 3 de Março. O novo registo de originais inclui o êxito “Happy”. 
“Happy”, tema que se estreou primeiro no filme Despicable Me 2, tornou-se num fenómeno internacional e êxito da rádio. Actualmente no n.º 1 da tabela de canções do iTunes nos EUA, o tema já atingiu o topo das tabelas em mais de 175 países, tendo vendido mais de 2,3 milhões de downloads no mundo inteiro. Com mais de 120 milhões de audiência, o tema encontra-se actualmente no topo das tabelas em sete formatos de rádio nos EUA — Top 40, Rhythm, AC, Hot AC, Urban, Urban AC e AAA. No mundo inteiro, “Happy” está no topo das tabelas de rádio em 14 países, incluindo a Austrália, França, Alemanha, Reino Unido, Bélgica, Dinamarca, Hungria, Irlanda, Itália, Holanda, Nova Zelândia, África do Sul, Suíça e Polónia.

Sendo um criador de tendências para uma nova geração, Pharrell Williams é uma força criativa que utiliza a música, moda e design para expressar o seu estilo único. Desde o início da sua carreira como prodígio adolescente e multi instrumentalista em Virginia Beach no início dos anos 90, passando pelos seus êxitos que lhe valeram o prémio de Produtor da Década da Billboard em 2010, até ao seu estatuto actual de super estrela multimédia, Pharrell Williams nunca parou de criar. Tendo iniciado a sua carreira de produtor como elemento da dupla The Neptunes com Chad Hugo, Williams ajudou a criar clásicos como “Get Lucky” dos Daft Punk, “Blurred Lines” de Robin Thicke, “Hot in Herre” de Nelly, “I Just Wanna Love U (Give it 2 Me)” de Jay-Z, “I’m A Slave 4 U” de Britney Spears e “Like I Love You” de Justin Timberlake. 

Tendo já vendido mais de 100 milhões de cópias no total das suas produções, a sua música soa sempre a algo que ninguém se lembrou de fazer ainda. 

No mês passado, Pharrell conquistou quatro prémios GRAMMY®, incluindo as categorias de Produtor do Ano, Álbum do Ano para o disco Random Access Memories dos Daft Punk e Disco do Ano, bem como Melhor Dueto/Interpretação Pop para o tema “Get Lucky” dos Daft Punk. Pharrell já conquistou um total de sete prémios GRAMMY ao longo da sua carreira.

"Quando a Columbia Records me deu a oportunidade de fazer um álbum, três coisas vieram-me à mente”, afirma Pharrell. “Uma foi a sensação arrebatadora de honra que senti quando percebi que a editora estava interessada em associar-se comigo no álbum que eu sempre sonhei fazer. A segunda coisa foi que o disco teria de ser festivo e urgente. A terceira e última coisa, soube imediatamente que se iria chamar G I R L. Espero que gostem."

RQC SEMPRE AO LADO DAS NOVIDADES!

Partilhe connosco o seu comentário! A sua opinião é importante para nós...

Partilhe com os seus amigos

«
Seguinte
Mensagem mais recente
»
Anterior
Mensagem antiga