ads

Slider[Style1]




clica e ouve as entrevistas e emissões já realizadas na tua rádio 

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5



No dia 17 de Fevereiro 2014, a Sony Music Portugal disponibiliza os álbuns “A Vida Tem Sempre Razão”, um álbum de homenagem ao centenário do nascimento de Vinícius de Moraes, que foi lançado no Brasil no ano passado e que agora chega ao nosso país. É também disponibilizado o projecto “Arca de Noé”, uma releitura do clássico álbum infantil de Vinícius de Moraes de 1980, que vê novamente a luz do dia com novas adaptações/interpretações por conhecidos nomes da MPB como Chico Buarque, Adriana Calcanhotto, Zeca Pagodinho, Marisa Monte, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Erasmo Carlos, entre outros. Também os Buraka Som Sistema participam neste álbum, em conjunto com Ivete Sangalo.


“A VIDA TEM SEMPRE RAZÃO”
As comemorações do centenário de Vinicius de Moraes recebem o songbook definitivo da efeméride, uma coleção de algumas de suas músicas mais conhecidas através de amigos de geração e artistas jovens, que continuam renovando a obra do “poetinha”.

São 16 faixas inéditas e duas bônus track. De Chico Buarque a Seu Jorge, estão todos presentes em A Vida tem sempre razão. A produção é de José Milton. Georgiana de Moraes idealizou o projeto.

“Entre os mais antigos, procuramos artistas que tivessem participado de projetos com Vinicius”, diz Georgiana, “e entre os mais jovens, aqueles que certamente estariam na turma dele, se ele ainda estivesse por aqui”.

Um dos critérios de seleção de repertório foi contemplar todos os parceiros mais importantes de composição, como Tom Jobim, Carlos Lyra, Baden Powell, Edu Lobo, Francis Hime e Toquinho. As músicas foram selecionadas em comum acordo com os intérpretes que, apesar do elenco all star, foi fácil de reunir. “Todos toparam na hora”, diz Georgiana. “E o clima no estúdio era repleto de histórias do relacionamento deles com Vinicius”. Edu Lobo, por exemplo, contou a história de como compôs “Só me fez bem” com ele, numa festa em Petrópolis. Edu, jovem, disse ter ficado tão excitado com aquilo, um texto inédito do grande mestre, que, para não perder a letra, colocou-a dentro do sapato.

Segundo Zé Milton, o conceito do disco é “a exaltação da beleza, da elegância, da harmonia perfeita. Procurei não desestruturar coisas tão delicadas, não inventar em cima do que já está muito bem acabado. Segui a máxima do Vinicius: ‘Beleza é fundamental’. Acho que deu certo”.

“A Vida Tem Sempre Razão” é item obrigatório nas colecções de quem gosta de boa música e de poesia.


“ARCA DE NOÉ”
Releitura da clássica de um dos álbuns de maior sucesso junto do público infantil, “Arca de Noé” de 1980, de Vinícius de Moraes, traz as maiores vozes da MPB num só álbum.

Canções gravadas por: Chico Buarque, Adriana Calcanhotto, Zeca Pagodinho, Marisa Monte, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Erasmo Carlos e outros grandes nomes da MPB.

O projeto “Arca de Noé 2013” que foi concebido por Susana Moraes, filha de Vinicius, ao lado de Dé Palmeira, Adriana Calcanhotto e Leonardo Netto tem como principal objectivo actualizar músicas que existem há mais de 30 anos, seguindo o espírito aberto, ousado e inquieto de Vinicius.

O resultado do projeto foi um álbum de qualidade impecável e primorosa, com versões novas, divertidas e com os artistas fora da zona de conforto de cada um.

A novidade deste trabalho é a faixa "O Elefantinho", composição de Adriana Partimpim sobre poema inédito de Vinicius. Num clima de cartoon, arranjo jazzy, uma linha de baixo mortal (de Alberto Continentino) e com apenas um acorde, Adriana mantém o clima esperto das músicas infantis de Vinicius. Além dessa, existem outras músicas com arranjos tão diferentes que até parecem novas, como “As Borboletas” e “A Cachorrinha”.

E com tantas e tão ricas transformações, a "Arca de Noé 2013" fecha-se ao som do próprio Vinicius, com Toquinho ao violão, cantando "A Casa". Como que para lembrar que mudam os tempos, mudam as sonoridades, mas a poesia de Vinicius para crianças, com a sua esperteza, a sua mistura de lirismo, crueldade e invenção (na tradição da melhor literatura infantil dos contos de fada) talvez seja eterna.


RQC SEMPRE AO LADO DAS NOVIDADES!

Partilhe connosco o seu comentário! A sua opinião é importante para nós...

Partilhe com os seus amigos

«
Seguinte
Mensagem mais recente
»
Anterior
Mensagem antiga