ads

Slider[Style1]




clica e ouve as entrevistas e emissões já realizadas na tua rádio 

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

«O FUTURO DA QUINTA DO CONDE VAI PASSAR PELA RQC/VD»

HELDER GABOLEIRO
Candidato pelo MSU
 
Tenho 33 anos de idade, sou casado, tenho dois filhos e dois animais de estimação, uma cadela chamada Bety e um gato chamado Kiko.
 
Uma das frases que me define e que, muitas vezes levou-me a aceitar propostas e desafios nas mais variadas áreas, como este de concorrer como candidato a Presidente da Junta de Freguesia da Quinta do Conde, é "Por mais longa que seja a caminhada o mais importante é dar o primeiro passo." (Vinícius de Moraes).
 
Penso que deve ser esta a postura quando decidimos agarrar uma oportunidade, quando sabemos que podemos fazer a diferença na luta pelos nossos ideais e na defesa dos nossos direitos, pois quando se tem a coragem de dar o primeiro passo, há que ter consciência que, por muitas dificuldades com que nos possamos deparar, fica sempre o orgulho e a certeza que demos o nosso melhor e que soubemos dar valor a essa oportunidade.
 
Em termos profissionais, já desempenhei funções em diferentes áreas, podendo salientar os vários anos ao serviço do Exército Português, onde recebi a Medalha de Comportamento Exemplar Grau Cobre e fui Louvado pelo Comandante do Regimento de Lanceiros número 2, pelos serviços prestados como Sargento na área de Alimentação. Actualmente, continuo ligado à área da alimentação, mas desta vez em Restauração, num restaurante na Aldeia do Meco.
 
Paralelamente à minha actividade profissional, sempre estive ligado ao mundo do associativismo, o que me permitiu tomar contacto com diversas pessoas e realidades. A minha primeira experiência foi na Escola de Samba Saltaricos do Castelo, onde estive durante vinte e quatro anos e depois como sócio fundador do Grupo Recreativo Escola de Samba Batuque do Conde, onde completei quatro anos e meio como Presidente da mesma, e onde, actualmente, ocupo o lugar de Presidente da Mesa da Assembleia.
 
Durante alguns anos também me dediquei ao planeamento, organização e dinamização de eventos e de actividades para grupos, tais como paintball, festas e passeios de grupo.
 
Entre o leque de interesses e de actividades que gosto de realizar nos meus tempos livres dedico-os a passar tempo com a minha família, a correr, a ler, a ouvir música, a desenhar ou ir ao cinema.
Este projecto para mim faz sentido, pois tem em conta as pessoas. Tal como elas, sinto que muito há para fazer. Ao decidir juntar-me ao MSU, trago o meu contributo, quer pela experiência profissional quer por motivações pessoais, em que ficar na Quinta do Conde significa dar voz e tomar iniciativa de trabalhar pelo nosso futuro.

RQC/VD A VOZ APARTIDÁRIA DOS QUINTACONDENSES

Partilhe connosco o seu comentário! A sua opinião é importante para nós...

Partilhe com os seus amigos

«
Seguinte
Mensagem mais recente
»
Anterior
Mensagem antiga